Emprego de Moçambique

Luisa Diogo diz que acordo terá “impacto exponencial”

A antiga Primeira Ministra moçambicana disse ontem à lusa que o reatamento da assistência financeira do FMI ao país terá um “impacto exponencial e multiplicador”, porque “acende um farol” para outros parceiros de cooperação.

O anúncio do FMI está semana de que vai voltar a conceder empréstimos a Moçambique “tem um impacto exponencial e multiplicador”, declarou Luísa Diogo.

Luisa Diogo avançou que a reparação do FMI fará com que países, investidores e mercados internacionais voltem a olhar Moçambique como confiável, após ver sua credibilidade abalada pelo escândalo das dívidas ocultas.

“Este sinal é fundamental para que Moçambique reafirme a confiança e dá a possibilidade de o país aparecer, a nível internacional, e poder dialogar em pé de igualdade nos mercados financeiros”, enfatizou a antiga governante.

Sobre as condições impostas pelo FMI a libertação da assistência financeira ao país, nomeadamente a boa governação, transparência e rigor nas contas públicas, considerou as “condicionalidades normais”, nas relações com esta instituição financeira internacional, assinalando que o objectivo é “blindar o acordo”.

O acordo com o FMI, prosseguiu também vai beneficiar o sector privado, uma vez que os homens de negócio do país passam a contar com um trunfo na Mobilização de recursos para a capitalização das suas actividades produtivas.

empregomoz

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.